A nudez de Noé e a essência do corpo

Gênesis 920-25
Noé, que era agricultor, foi o primeiro a plantar uma vinha. Bebeu do vinho, embriagou-se e ficou nu dentro da sua tenda. Cam, pai de Canaã, viu a nudez do pai e foi contar aos dois irmãos que estavam do lado de fora. Mas Sem e Jafé pegaram a capa, levantaram-na sobre os ombros e, andando de costas para não verem a nudez do pai, cobriram-no.
Quando Noé acordou do efeito do vinho e descobriu o que seu filho caçula lhe havia feito, disse:
“Maldito seja Canaã!
Escravo de escravos será para os seus irmãos”.

Parece que o ponto alto deste texto é a bebedeira de Noé e os perigos que disso advém. No entanto há um ponto aqui que merece nossa consideração: ele ficou nu, seu filho Cam o viu assim, contou para seus irmãos e Sem e Jafé foram cobrir o pai. Por conta disso Cam foi amaldiçoado pelo seu pai, bem como seus descendentes.
A nudez remonta a criação: Genesis 2:25 – O homem e sua mulher viviam nus, e não sentiam vergonha.  Isso foi antes do pecado. Mas quando pecaram contra as ordens de Deus: Genesis 3:7
Os olhos dos dois se abriram, e perceberam que estavam nus; então juntaram folhas de figueira para cobrir-se.
O pecado tirou a inocência que jamais retornará à humanidade. Não importa o quanto queiramos ser inocentes e puros, não vamos conseguir porque temos uma natureza caída, uma natureza pecaminosa.
Por toda a Bíblia lemos o quanto cobrir o corpo é importante, e foi Paulo, o apóstolo, que nos deu uma clareza imensa sobre esse tema: 1 Corinthians 12:22 – Pelo contrário, os membros do corpo que parecem ser mais fracos são necessários; e os que nos parecem menos dignos no corpo, a estes damos muito maior honra; também os que em nós não são decorosos revestimos de especial honra.
Quais são os membros “não decorosos” do corpo? São, evidentemente, os órgãos sexuais. Então o que se faz com eles? Devem ser revestidos de “especial honra”. Ou seja, cobrimos, guardamos, escondemos do mundo, e os revelamos apenas ao cônjuge, no casamento de um homem com uma mulher.  Esse é o princípio aqui.
Veja que no Apocalipse há uma visão, ainda que metafórica, sobre o corpo, mas que revela o que se deve ter cuidado: Apocalipse 16:15 – (Eis que venho como vem o ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia e guarda as suas vestes, para que não ande nu, e não se veja a sua vergonha.)
Os órgãos sexuais devem ser escondidos. São chamados de vergonha, não porque sejam ruins ou vergonhosos no casamento, mas porque são especiais, maravilhosos e que devem ser escondidos das demais pessoas. Somente no casamento a vida se revela inteira, corporalmente falando, e os cônjuges vivem a beleza um do outro.
Então, o que o pecado revela? Exatamente o corpo inteiro. Veja que a nudez sempre está relacionada à perda do temor do Senhor. Os pagãos se embebedam e se entregam a orgias e a nudez se revela. O adultério é a revelação do corpo para outra pessoa que não o cônjuge. O namoro com vida sexual ativa é a expressão do pecado que descortina o corpo para uma pessoa com a qual não foi feita uma aliança, e assim por diante. As palavras de Paulo nos ajudam a ver com clareza: 1 Tessalonissences 4.3-5 – Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição; que cada um de vós saiba possuir o próprio corpo em santificação e honra, não com o desejo de lascívia, como os gentios que não conhecem a Deus;
De modo prático, o corpo é coisa séria e deve ser cuidado e preservado.
Alguns conselhos aos pais para que avaliem e ensinem aos seus filhos.
1. Não fiquem totalmente nus diante de seus filhos;
2. Não se banhem com eles;
3. Sempre protejam o que deve ser tratado com honra e respeito para que seus filhos também tenham a mesma atitude, sempre, até que se casem;
4. Respeitem o corpo de seus filhos, ensinem sobre a beleza da criação de Deus, responda às suas perguntas sobre vida sexual, quando perguntarem, e mostrem o cuidado que devem ter mantendo seus corpos em santificação e honra, cuidado e proteção.

Acima de tudo, entendamos que o mundo está mergulhado na promiscuidade sexual. Em todos os lugares isso tem acontecido, inclusive nas escolas. A pregação distorcida sobre sexo está nas escolas e nos grupos de internet. Homem e Mulher são os gêneros criados e qualquer outra visão é pagã, não Bíblica, não Cristã.  Que Deus nos ajude.

Conheça a Igreja Trinity Online

Mensagem minuto.
Clique abaixo e ouça o podcast.

plugins premium WordPress